sexta-feira, 5 de junho de 2009

Cortar o tempo!

"Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,a que se deu o nome de ano,foi um indivíduo genial.
Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.
Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente."
Escrevi certa vez, algo parecido com este poema, está inclusive postado aqui neste blog. Acho fascinante esta idéia que nos passa o poema de Drummond. Genial.
Beijos gigantes...
Ana de Figueiredo.

Tempo!

Nada mais justo do que voltar falando um pouco sobre o causador da minha ausência, o tempo!
Encontrei um poema lindo de Mário Quintana que nos tras sabedoria, ensinamento, por isso resolvi dividi-lo com vocês meus queridos amigos.

O tempo

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando de vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!

Agora é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas... Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo...

E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.

MÁRIO QUINTANA

Então meus amigos, fica aqui exposto meu desejo explícito de felicidade e minha convicção de que o não somos nós que não temos tempo, não temos sim a sabedoria para administrá-lo em nossa vida! Afinal, quanto tempo tem o tempo? (risos)
Aprendi minha lição e você?

Um grande e demorado abraço, com todo o carinho do mundo!!!
Ana de Figueiredo

terça-feira, 21 de abril de 2009

Pensamento...


"A VIDA É UMA PEÇA DE TEATRO QUE NÃO PERMITE ENSAIOS. POR ISSO, CANTE, CHORE, DANCE, RIA E VIVA INTENSAMENTE ANTES QUE A CORTINA SE FECHE E A PEÇA TERMINE SEM APLAUSOS."


(Charlie Chaplin)

E pra você??



Estava pensando neste momento sobre como algumas coisas são tão fáceis e outras tão difíceis...por isso analisando essa questão me veio isso..

Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que se expresse sua opinião...
Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer.

Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias...
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus próprios erros.

Fácil é fazer companhia a alguém, dizer o que ela deseja ouvir...
Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer a verdade quando for preciso.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre a mesma...
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer.

Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado...
Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece.

Fácil é viver sem ter que se preocupar com o amanhã...
Difícil é questionar e tentar melhorar suas atitudes impulsivas e as vezes impetuosas, a cada dia que passa.

Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar...
Difícil é mentir para o nosso coração.

Fácil é ver o que queremos enxergar...
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.
Fácil é julgar o próximo, sendo que o mais difícil é julgar a si mesmo.
Fácil é achar que está errado..
Difícil é encontrar o certo.

Fácil é ditar regras e,
Difícil é segui-las...


Um grande beijo no coração..
Ana de Figueiredo

quarta-feira, 25 de março de 2009

Hoje...

Hoje não estou num dos meus melhores dias.
Quando isso acontece, costumamos colocar a culpa em alguma coisa.
O cansaço tomou conta de mim.
Acontecem "coisas" em nossas vidas que temos apenas que agradecer.. agradecer a Deus, ao Universo ou à qualquer coisa em que acredite.
Nenhum dia é igual ao outro.
No meu caso, não mesmo!!!
Pelo menos sou otimista, isso é bom!
As vezes chego a pensar que não vou dar conta de tudo... do trabalho, da casa.. da familia, dos estudos... muitas coisas para um curto espaço de tempo!
Meu dia deveria ter 48hs! (sei que muitos vão concordar comigo)
Estou cansada.
Mas agradeço muito à Deus, porque acredito Nele, por todas as "coisas" que estão acontecendo em minha vida! Todas... boas ou ruins...
As boas quando vêm é como se abrandasse o solavanco que levamos quando acabamos de passar por uma ruim.
Mas isso é necessário... sem sofrimento não há evolução!
Esses dias, quando eu estava muito cansada (quando estou cansada eu choro), minha mãe me disse uma frase que não sai da cabeça..pode parecer meio cafona, brega ou beata sei lá o que passa na cabeça das pessoas.... mas ela me disse : " Filha, quando você estiver passando por alguma provação, diga esta frase: O Senhor é meu Pastor e Nada me faltará! Que você vai se sentir melhor!"
É a mais pura verdade!
Não é o fato de ser temente, crente ou religioso.. o fato é que se você analisar bem esta frase ela te traz segurança, te dá força pra seguir em frente, uma mensagem de otimismo dizendo " vai, você consegue!".
É.... eu consigo...
mas como costumo dizer..
nenhum dia é igual. É apenas HOJE!!
E a tal da culpa?
Não existem culpados nem ao que culpar... a vida é do jeito que a gente vive. Depende de nós!!!
Viva o HOJE como se não houvesse amanhã!!!
É o que eu faço....
Ana de Figueiredo

terça-feira, 17 de março de 2009

Caixinha de Surpresas...


A vida, como uma caixa, nos é doada.
O que tem dentro, não sabemos nada.
Queremos abri-la, a mão parece atada.
Mas a quem nos concedeu, dizemos: obrigada.
Ela nos surpreende a todo o momento.
Às vezes, nos causa desalento,em outras, encantamento.
Às vezes, nos transmite arrebatamento,em outras, arrependimento.
Rico vira pobre,pobre vira rico.
Hoje estamos tristes.E como estaremos amanhã? Alegres?
E as surpresas vão surgindo,uma a uma estão saindo.
Esperamos que as que vêm vindo,deixem-nos , para sempre, sorrindo.
Ana de Figueiredo

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Recuar...


Podemos pensar que a vida é uma linha reta ou uma escada ascendente. Esquecemos que viver também é uma estratégia e as vezes recuar, dar um passo atras pode ser um movimento estratégico para a evolução.

Acredite: um passo atrás pode ajudá-lo a chegar lá!!!



Bjos gigantes!


Ana.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Ser ou Ter?

A pergunta de hoje não é aquela a qual ouvimos sempre, "Ser ou não Ser, eis a questão"
Nossa correria diária não nos deixa parar para perceber se o que temos já não é o suficiente para nossa vida.
Nos preocupamos muito em TER: ter isso, ter aquilo, comprar isso, comprar aquilo.
Os anos vão passando e quando nos damos conta esquecemos do mais importante, VIVER e SER FELIZ!
Muitas vezes para ser Feliz não é preciso Ter, o mais importante na vida é SER.
As pessoas precisam parar de correr atrás do Ter e começar a correr atrás do SER: Ser Amigo(a), Ser Amável, Ser carinhoso(a), SER!
Tenho certeza de que, quando SOMOS, ficamos muito mais felizes do que quando Temos.
O SER leva uma vida para se conseguir e o Ter muitas vezes conseguimos logo.
O SER não se acaba nem se perde como tempo, mas o Ter pode TERminar do mesmo jeito, logo!
O SER é eterno, o Ter é passageiro. Mesmo que dure por muito tempo...
Estais sentindo um vazio? É porque estais TENDO e não SENDO!
Por isso tente sempre SER e não Ter.
Assim você sentirá uma Felicidade sem preço!
Espero que você deixe de cobrar o que fez e o que não fez nos últimos anos e que você tente o mais importante:

SER FELIZ!!! Porque para ser feliz, você precisa SER!!!
Na vida temos que ter um pouco de ambição, mas onde acaba essa ambição e começa a ganância?
Que sejamos e que tenhamos, mas quando conseguirmos SER sentiremos a diferença!!!
SEJA!!!
Um forte abraço,
Ana.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Porque o amor é cego??


A Loucura resolveu convidar os amigos para tomar um café em sua casa.

Todos os convidados foram. Após tomarem café a Loucura propôs:

-Vamos brincar de esconde-esconde?

-Esconde-esconde? O que é isso? - perguntou a Curiosidade.

-Esconde-esconde é uma brincadeira. Eu conto até cem e vocês se escondem.

Ao terminar de contar, eu vou procurar, e o primeiro a ser encontrado será o próximo a contar.

Todos aceitaram, menos o Medo e a Preguiça.

-1, 2, 3, ... a Loucura começou a contar.

A Pressa se escondeu primeiro, em um lugar qualquer.

A Timidez, tímida como sempre, escondeu-se na copa de uma árvore.

A Alegria correu para o meio do jardim.

Já a Tristeza começou a chorar, pois não achava um local apropriado para se esconder.

A Inveja acompanhou o Triunfo e se escondeu perto dele debaixo de uma pedra.

A Loucura continuava a contar e os seus amigos iam se escondendo.

O Desespero ficou desesperado ao ver que a Loucura já estava no noventa e nove.

-Cem, gritou a Loucura. Vou começar a procurar.

A primeira a aparecer foi a Curiosidade, já que não aguentava mais querendo saber quem seria o próximo a contar.

Ao olhar para o lado, a Loucura viu a Dúvida em cima de uma cerca sem saber em qual dos lados que ficasse estaria se escondendo.

E assim foram aparecendo a Alegria, a Tristeza, a Timidez...

Quando estavam todos reunidos, a Curiosidade perguntou:

- Onde está o Amor?

Ninguém o tinha visto.

A Loucura começou a procurá-lo.

Procurou em cima da montanha, nos rios, debaixo das pedras e nada do Amor aparecer.

Procurando por todos os lados a Loucura viu uma roseira, pegou um pauzinho e começou a procurar entre os galhos, quando de repente ouviu um grito.

Era o Amor, gritando por ter furado o olho com espinho.

A Loucura não sabia o que fazer.

Pediu desculpas, implorou pelo perdão do Amor e até prometeu seguir-lhe para sempre.

O Amor aceitou as desculpas mas desde então, e até hoje, o Amor é cego e a Loucura sempre o acompanha.



Beijos enormes...

Ana.

O preço do amor...



Uma tarde, um menino aproximou-se de sua mãe, que preparava o jantar, e entregou-lhe uma folha de papel com algo escrito.
Depois que ela secou as mãos e tirou o avental, ela leu:
- Cortar a grama do jardim: R$3,00
- Por limpar meu quarto esta semana R$1,00
- Por ir ao supermercado em seu lugar R$2,00
- Por cuidar de meu irmãozinho enquanto você ia àscompras R$2,00
- Por tirar o lixo toda semana R$1,00
- Por ter um boletim com boas notas R$5,00
- Por limpar e varrer o quintal R$2,00
- TOTAL DA DIVIDA R$16,00
A mãe olhou o menino, que aguardava cheio de expectativa.
Finalmente, ela pegou um lápis e no verso da mesma nota escreveu:
- Por levar-te nove meses em meu ventre e dar-te a vida - NADA
- Por tantas noites sem dormir, curar-te e orar por ti - NADA
- Pelos problemas e pelos prantos que me causastes - NADA
- Pelo medo e pelas preocupações que me esperam -NADA
- Por comidas, roupas e brinquedos - NADA
- Por limpar-te o nariz - NADA
- CUSTO TOTAL DE MEU AMOR - NADA
Quando o menino terminou de ler o que sua mãe havia escrito tinha os olhos cheios de lágrimas. Olhou nos olhos da mãe e disse: "Eu te amo, mamãe!!!"
Logo após, pegou um lápis e escreveu com uma letra enorme: "TOTALMENTE PAGO".
Assim somos nós adultos, como crianças, querendo recompensa por boas ações que fazemos.
É difícil entender que a melhor recompensa é o AMOR, e para nossa sorte é GRATIS.
Basta querermos recebê-lo em nossas vidas!
Que DEUS, abençôe todos vocês e não devemos esquecer do AMOR universal que nos é cedido pelo PAI !
Ana

As bananas


Numa experiência científica um grupo de cientistas, colocou cinco macacos numa jaula.

No meio uma escada e sobre ela um cacho de bananas.

Quando um macaco subia na escada para pegar as bananas, os cientistas jogavam um jato de água fria nos que estavam no chão.

Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada, os outros o pegavam e batiam muito nele.

Com mais algum tempo, nenhum macaco subia mais a escada, apesar da tentação das bananas. Então os cientistas substituíram um dos macacos por um novo.

A primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela sendo retirado pelos outros que o surraram. Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não mais subia a escada.

Um segundo foi substituído e o mesmo ocorreu, tendo o primeiro substituto participado com entusiasmo da surra ao novato.

Um terceiro foi trocado e o mesmo ocorreu.

Um quarto e, afinal, o último dos veteranos foi substituído.

Os cientistas então ficaram com o grupo de cinco macacos que, mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam batendo naquele que tentasse pegar as bananas.

Se fosse possível perguntar a algum deles porque eles batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria: "Não sei, mas as coisas sempre foram assim por aqui".


Albert Einstein dizia: "É mais fácil desintegrar um átomo que um preconceito".


Reflitam, beijos

Ana.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Sinceridade...

Houve um tempo em que as pessoas eram mais sinceras.
Sinceras com a vida, com o mundo, com as pessoas e consigo mesma.
Onde foi parar essa virtude?
Junto com a sinceridade andam a coerência, a coragem e o caráter.
Se você não é sincero está mentindo, se está mentindo não têm caráter.
Basta saber pra quem está mentindo. Para si, para o mundo, para as pessoas ou para sua própria vida!!!
Porque? Eu me pergunto... porque??
Porque os tempos são outros, pela competitividade ou porque estão se transformando em monstros... sim, monstros!!!
Errar é humano...mais mentir.. não!!!
Porque mentir? A verdade dói? O que está diante dos olhos não é bom? Quer uma outra realidade?? Mentir não leva a lugar nenhum a não ser o fundo.
Mentir é se enterrar cada vez mais num mundo de ilusão, e viver assim, ahhh.... Não!!!
A sinceridade é uma das mais admiráveis virtudes.
Feliz daquele que a têm!!!
Mentir se torna um vício, mais não um vício como o do cigarro por exemplo, que você interfere apenas na sua própria vida, não, a mentira magoa, destrói, mata!
Se você mente, envolve outras pessoas, ilude...isso não é bom!!! Ruim é pouco...é terrível!
Pra se conquistar a confiança de alguém precisamos lutar por ela e isso demora, dias.. meses.. anos.. até uma vida inteira...
A confiança pra mim é como um cristal... quando se quebra....
E para quebar a confiança basta um ato, apenas um!!!

Então, sejam sinceros... mesmo em momentos difíceis...aprendam a valorizar a vida, o ser humano.
Aprendam a se dar valor, o que já é o primeiro passo pra largar o vício!!!

Deixo aqui meu desabafo...
um abraço a todos.

Ana.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Quase...

Ainda pior que a convicção do não e a incerteza do talvez é a desilusão de um quase.
É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi.
Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem quase amou não amou.
Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas idéias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono.
Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou melhor não me pergunto, contesto. A resposta eu sei de cór, está estampada na distância e frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos "Bom dia", quase que sussurrados. Sobra covardia e falta coragem até pra ser feliz.
A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai.
Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são. Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza.
O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si.
Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance, para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência porém,preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer.
Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo.
De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance.
Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar.
Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.

Pensamos...

Pensamos às vezes que não restou um só dragão.
Não há mais qualquer bravo cavaleiro nem uma única princesa a passear por florestas encantadas.
Pensamos às vezes que a nossa era está além das fronteiras, além das aventuras.
Que o destino já passou do horizonte e se foi pra sempre.
É um prazer estar enganado.
Princesas e cavaleiros, encantamentos e dragões, mistério e aventura... não apenas existem aqui e agora, mas também continuam a ser tudo o que já existiu nesse mundo!
Em nosso século, só mudaram de roupagem.
As aparências se tornaram tão insidiosas, que princesas e cavaleiros podem se esconder um dos outros, podem se esconder até de si mesmo.
Contudo, os mestres da realidade ainda nos encontram em sonhos para dizer que nunca perdemos o escudo de que precisamos contra os dragões,
que uma descarga de fogo azul nos envolve agora, a fim de que possamos mudar o mundo como desejarmos.
A intuição sussurra a verdade!
Não somos poeira, somos magia!
Feche os olhos e siga sua intuição.
Ana.

Brincando de ser criança....

Ser criança é tão bom!! E passa rápido. A vantagem é que quando crescemos e temos filhos voltamos a ser tal. Esse desenho fiz com minha filha... ela tentou de toda forma fazer o desenho dela, mais desistiu e pediu que eu fizesse...então, saiu isso! rs
Pelo menos eu tentei!!!
Deu pra viajar um pouco e voltar à minha infância... quantas coisas boas...lembranças... Tem um ditado que digo sempre e costumo usar no meu dia-a-dia: O ontem é passado, o futuro é um mistério e o presente é uma dádiva, por isto se chama presente! Mais como não voltar ao passado em fatos e situações como estas? Por estes dias foi que me dei conta de que o tempo passou... refletindo sobre isto comecei a viajar e fui longe. Parei no íntimo do meu âmago. Perguntas...algumas com respostas outras não, é difícil! É difícil crescer, amadurecer (sendo que na maioria das vezes o amadurecimento vêm com os tropeços, os erros), se conhecer... enfim.
Mas a dificuldade não nos impede de seguir... seguir em frente! A dificuldade pra mim é um desafio! Viver é um desafio... tantas escolhas, decisões...realmente não é fácil, mas em contrapartida tudo o que é mais difícil se torna mais gostoso quando se chega no final, no êxtase...no complemento! É bom suar.. lutar.. tropeçar e aprender a levantar.. erguer a cabeça e seguir em frente... contudo aprendi que sonhar é preciso mas com os pés no chão! Podem as pessoas tentar me mudar, não adianta! Não somos seres mutantes, ou melhor, eu não sou. Sou eu mesma, mais com certeza não serei a mesma para sempre! Viver é preciso....

Um enorme beijo á vocês!
Ana.

domingo, 25 de janeiro de 2009

Trabalho!..

video

Este é só um pedaço da abertura, o começo!

E aí? o que acharam?

Bjs.. Ana.

sábado, 24 de janeiro de 2009

Realização de um sonho!



Bem vindo novo tempo!!! Bem vindo novo sonho!!!

Para alcançar um objetivo não basta querer.. precisa-se agir!

Em homenagem aos novos acadêmicos do curso de Mutimídia Digital da Unisul porque somos todos vencedores. Como disse o Prof. na aula inaugural, apenas as pessoas que querem estudar, se comprometer é que estão ingressando na Unisul Virtual. Então.. à todos que estão com vontade de vencer mais esta etapa eu convido a lutar, se empenhar. Tudo nesta vida não é fácil, principalmente o que é BOM! Não vai ser fácil, mais estaremos ligados, conectados uns com os outros, numa corrente virtual de amizade e coleguismo. Que contemos uns com os outros nesta caminhada, e tenham certeza que poderão contar comigo!

Um grande abraço em especial aos meus colegas de classe que já tive o prazer de conhecer... E à todos os outros que ao longo do caminho terei o mesmo prazer!

Bem vindos ha um novo tempo... e bons estudos pra nós!!

Bjs gigantes!

Ana!

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Florais... meu primeiro trabalho!!!

video

Esta é minha primeira criação de floral no After Effects, tive que postar em baixíssima qualidade pois o video em avi demorou demais e não pude esperar. After é um programa de edição no qual estou começando a estudar.

Sou editora, e gostaria de compartilhar com vocês minha evolução... básica! Mais já é alguma coisa.

Deixem comentários pra dizer o que acharam..

Beijos gigantes...

Ana.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

O BARULHO DA CARROÇA

Certa manhã, meu pai, muito sábio, convidou-me a dar um passeio no bosque. Ele se deteve numa lareira e depois de um pequeno silêncio me perguntou:- Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa? Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:- Estou ouvindo um barulho de carroça. - Isso mesmo, disse meu pai, é uma carroça vazia. Perguntei ao meu pai: - Como pode saber que a carroça está vazia se ainda não a vimos? - Ora, respondeu meu pai. É muito fácil saber que uma carroça está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça maior é o barulho que faz.

Tornei-me adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa falando demais, gritando para intimidar, tratando o próximo com grossura, de forma inoportuna, prepotente, interrompendo a conversa de todo mundo e querendo demonstrar que é o dono da razão e da verdade absoluta, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai dizendo:
"Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz..."

É pra pensar...
Beijos gigantes,

Ana

sábado, 17 de janeiro de 2009

Correr, correr...

Correr sim, mais sem pressa! Viver um dia de cada vez com a certeza de que fizemos tudo, TUDO pra que aquele dia fosse inesquecível, porque o ontem é passado, o futuro é um mistério e o presente é uma dádiva, por isto de chama presente! E o que temos que fazer é aproveitar este presente, este presente da vida, a própria vida! Cair é inevitável, tropeçar, se ferir... mais levantar e seguir em frente é digno de quem tem gratidão.
Agradeço a Deus todos os dias por ter uma família maravilhosa, um marido muito, muito especial. O amor... um sentimento intenso!
Não tenho vergonha em dizer EU TE AMO! Eu amo sim, meus amigos, minha familia, meu trabalho, minha filha, minha vida... eu me amo!


"Bem, você fez bonito comigo e tenha certeza que eu senti...
eu tentei ficar frio mas você é tão quente q me derreti... eu caí entre a rachadura
e estou tentando subir de volta antes que o frio passe.
Eu estarei dando o meu melhor, nada pode me parar a não ser intervensão divina.
Eu reconheço, é minha vez de ganhar algo ou aprender algo, eu não hesitarei nunca mais,
nunca mais vou esperar, sou seu bem!
Abra sua mente e veja como eu...
abra seus planos, e droga!, seja livre!!!
Olhe para dentro do seu coração e você vai achar o amor... amor!
Amor, escute a música do momento e talvez cante comigo.
Ah! a pacífica melodia é seu direito divino de ser amada amor, amada amor!
Amor, então eu não hesitarei nunca mais nunca mais vou esperar, tenho certeza!
Não precisa complicar, nosso tempo é curto, é o nosso destino!
Sou seu! Eu passei muito tempo olhando a minha língua no espelho e fazendo de tudo para entender melhor.
Meu hálito embaçou todo o vidro, então eu desenhei um novo rosto e ri!
Eu acho que o que estou dizendo é que não há razão melhor... se livrar da vaidade e apenas ir com o ritmo... é o que devemos fazer!
Nosso nome é nossa virtude, então eu não hesitarei nunca mais... nunca mais vou esperar, tenho certeza!
Não precisa complicar, nosso tempo é curto não posso esperar, sou seu!
Jason Mraz (tradução da música I am yours)

É justamente isto! O tempo é curto, temos que correr! Correr sem pressa!
Este pequeno poema complementa o que eu estou dizendo...


"É melhor atirar-se à luta em busca de dias melhores, mesmo correndo o risco de perder tudo, do que permanecer estático, como os pobres de espírito, que não lutam, mas também não vencem, que não conhecem a dor da derrota, nem a glória de ressurgir dos escombros. Esses pobres de espírito, ao final de sua jornada na Terra não agradecem a Deus por terem vivido, mas desculpam-se perante Ele, por terem apenas passado pela vida..."
Robert Nesta Marley (Bob Marley)


Um enorme beijo a todos!
Amo vocês.
Ana.


Aqui está o link da música!
http://www.youtube.com/watch?v=4Knj4HotX4g

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Piadinha para liberar endorfina.. rs

Não sou muito fã de palavrões e este blog é para pessoas sérias. Mas ninguém é de ferro e todos nós precisamos sorrir. Desejo à vocês um pouco de diversão. Sorrir libera endorfina, o hormônio do prazer! rsrsrs..
Vamos liberar...

*********

Começou a música e um bêbado levantou-se cambaleando e dirigiu-se a uma senhora de preto e pediu: - Hic... Madame, me dá o prazer dessa dança?
E ouviu a seguinte resposta: - Não, por quatro motivos: Primeiro, o senhor está bêbado!Segundo, isto é um velório!
Terceiro, não se dança o Pai Nosso!
E quarto porque `Madame´ é a puta que o pariu! Eu sou o padre!

*********
Espero que tenham gostado!

Beijos gigantes.
Ana.

Pensamento do dia

Bonitas são as coisas vindas do interior, as palavras simples, sinceras e significativas.
Bonito é o sorriso que vem de dentro, o brilho dos olhos...
Bonito é o dia de sol depois da noite chuvosa ou as noites enluaradas de verão em que todos saem de casa.
Bonito é procurar estrelas no céu e dar de presente ao amigo, amiga, namorado...
Bonito é achar a poesia do vento, das flores e das crianças.
Bonito é chorar quando se sentir vontade e deixar que as lágrimas rolem sem vergonha ou medo de crítica.
Bonito é gostar da vida e viver do sonho.
Bonito é ser realista sem ser cruel, é acreditar na beleza de todas as coisas.
Bonito é a gente continuar sendo gente em quaisquer situacões.
Bonito é você ser você.
(Letícia Thompson)
Sermos nós mesmos as vezes não é fácil. Mas aprecio e adimiro a sinceridade e a simplicidade em algumas pessoas, pessoas que pra mim são verdadeiras.
E a sinceridade, a meu ver, não deve ser para com os outros, e sim com a gente mesmo.
Aprendi que para podermos amar, adimirar, ser fiel, sincero e todas as muitas outras qualidades que fazem parte da historia do ser humano, precisamos ser com a gente primeiro.
Eu me amo, me respeito, me adimiro.
A verdadeira sinceridade é a que sentimos por nós mesmos!
Beijos gigantes.
Ana.

Recomeçar...

Não importa onde você parou...
Em que momento da vida você cansou...
O que importa é que sempre é possível e necessário "recomeçar".
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo...
É renovar as esperanças na vida e, o mais importante...
Acreditar em você de novo.
Sofreu muito nesse período?
Foi aprendizado...
Chorou muito?
Foi limpeza da alma...
Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia...
Sentiu-se só por diversas vezes?
É porque fechaste as portas até para os anjos...
Acreditou que tudo estava perdido?
Era o início de tua melhora...
Onde você quer chegar?
Ir alto?Sonhe alto...
Queira o melhor do melhor...
Se pensamos pequeno...Coisas pequenas teremos...
Mas se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor...
O melhor vai se instalar em nossa vida...
Porque "sou do tamanho daquilo q vejo, e não do tamanho de minha altura..."
Bjos gigantes.
Ana.

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

O cego e o Publicitário


Havia um cego sentado numa calçada em Paris, com um boné a seus pés e um pedaço de madeira escrito com giz branco : "Por favor, ajude-me, sou cego!"

Um publicitário, que passava em frente a ele parou e viu umas poucas moedas no boné. Sem pedir licença, pegou o cartaz, virou-o, pegou o giz e escreveu outro anúncio. Voltou a colocar o pedaço de madeira aos pés do cego e foi embora.
Ao cair da tarde, o publicitário voltou a passar em frente ao cego que pedia esmola. Seu boné estava cheio de notas e moedas.
O cego reconheceu as pisadas do publicitário e lhe perguntou se havia sido ele quem reescrevera o cartaz, sobretudo querendo saber o que havia escrito.
O publicitário respondeu: "Nada que não esteja de acordo com o seu anúncio, mas escrito com outras palavras. E sorrindo, continuou seu caminho.


"HOJE É PRIMAVERA EM PARIS, E EU...NÃO POSSO VÊ-LA!"


Sempre é bom mudarmos de estratégia quando nada nos acontece.

Bjo grande,
Ana.

Pra que serve um amigo?

Pra tanta coisa, não é?
Para instalar o XP no computador e não cobrar nada, mesmo perdendo horas e horas a fio!Para trazer muamba do Paraguai e quase ser preso!Para emprestar o carro e recebê-lo de volta com multa e 21 pontos na carteira. Pra rachar a gasolina, emprestar a prancha, recomendar um CD, dar carona para festa, passar cola, caminhar no shopping, segurar a barra.

Todas as alternativas estão corretas, porém isso não basta para guardar um amigo do lado esquerdo do peito. A amizade é indispensável para o bom funcionamento da memória e para a integridade do próprio eu.Um amigo não racha apenas a gasolina: racha lembranças, crises e choro, experiências. Racha a culpa, racha segredos.Um amigo não empresta apenas a prancha. Empresta o verbo, empresta o ombro, empresta o tempo, empresta o calor e a jaqueta.Um amigo não recomenda apenas um CD. Recomenda cautela, recomenda um emprego, recomenda um país. Um amigo não dá carona apenas para festa. Te leva para o mundo dele e topa conhecer o teu.Um amigo não passa apenas cola... Passa contigo um aperto, passa junto o reveillon. Um amigo não caminha apenas no shopping. Anda em silêncio na dor, entra contigo em campo, sai do fracasso ao teu lado. Um amigo não segura apenas a barra. Segura o tranco, o palavrão, segura o elevador. Duas dúzias de amigos assim, talvez, ninguém tem... Se tiver um, amém!
Um grande Beijo a todos os meus amigos.
Amo vocês!

Ana.

sábado, 10 de janeiro de 2009

Quem?

Quem inventou o ano novo? Alguém muito inteligente deve ter escrito isto em algum lugar...!Talvez como uma forma de recomeço...como um estímulo, renovação.
Depois de um ano todo, de vivências intensas ou não... as minhas foram, sempre são.
Decisões, provações, lições, decepções...
Quando o ano termina e outro recomeça, é como se nossas forças fossem recarregadas, nosso ânimo, nossa vontade de lutar renasce. Novos planos, novos desafios...
realmente essa pessoa que inventou o novo ano é um sábio.
Então, desejo a todos um ótimo recomeço...com saúde e paz...

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Pensamento do dia

SUA MAIOR FORÇA NÃO ESTÁ EM SEUS MÚSCULOS OU OSSOS, ESTÁ DENTRO DE VOCÊ, NA SUA MENTE, NA SUA FÉ.
Ana de Figueiredo

Saber perder...

Será? Será que sei perder...
eu definitivamente não sei.
Enquanto não esgotar todas as minhas formas de reverter não me dou por vencida.
Será que isto é bom ou ruim?
Eu sou assim...porque perder ou me dar por vencida enquanto ainda tenho forças para lutar.?
Já perdi coisas e pessoas que não voltam mais...e esta forma de perder, que não depende dos teus atos, que está além de suas vontades...ahh essa é a pior.
Perder e se sentir um nada! Sem poder de ao menos tentar...
Enquanto eu puder mudar o veredicto que a vida insistir em me dar, dizendo que NÃO, NÃO... eu vou mudar...vou continuar lutando sempre!
A fé é a nossa salvação, e a minha principal fé é em mim mesma!
Beijos gigantes...

domingo, 4 de janeiro de 2009

Você sabe amar?

Eu estou aprendendo. Estou aprendendo a aceitar as pessoas, mesmo quando elas me desapontam, quando fogem do ideal que tenho para elas, quando me ferem com palavras ásperas ou ações impensadas. Não é fácil aceitar as pessoas assim como elas são, não como eu desejo que elas sejam, mas como elas são! É difícil, muito difícil, mas estou aprendendo. Estou aprendendo a amar. Estou aprendendo a escutar, escutar com os olhos e ouvidos, escutar com a alma e com todos os sentidos. Escutar o que diz o coração, o que dizem os ombros caídos, os olhos, as mãos irrequietas. Escutar a mensagem que se esconde por entre as palavras corriqueiras, superficiais...
Descobrir a angústia disfarçada, a insegurança mascarada, a solidão encoberta. Penetrar o sorriso fingido, a alegria simulada, a vangloria exagerada. Descobrir a dor de cada coração. Aos poucos, estou aprendendo a amar. Estou aprendendo a perdoar pois o amor perdoa, lança fora as mágoas e apaga as cicatrizes que a incompreensão e insensibilidade gravaram no coração ferido. O amor não alimenta mágoas com pensamentos dolorosos. Não cultiva ofensas com lástimas e autocomiseração. O amor perdoa, esquece, extingue todos os traços de dor no coração. Passo a passo estou aprendendo a perdoar, a amar. Estou aprendendo a descobrir o valor que se encontra dentro de cada vida, de todas as vidas. Estou aprendendo a ver nas pessoas a sua alma, e as possibilidades que Deus lhes deu. Estou aprendendo, mas como é lenta a aprendizagem! Como é difícil amar, amar como Cristo amou! Todavia, tropeçando, errando, estou aprendendo... Aprendendo a pôr de lado as minhas próprias dores, meus interesses, minha ambição, meu orgulho quando estes impedem o bem-estar e a felicidade de alguém. Como é duro amar, e ao mesmo tempo, como é maravilhoso!!!

Pensamento do dia

O QUE PARA NÓS É TIDO COMO REAL, PARA O OUTRO PODE SER INVISÍVEL!
Ana de Figueiredo